sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Dora - Caroline Mendes

Dora


Dora, em sua tristeza,

Não sabia o que fazer

Tamanha era sua dor

Por não saber viver.

 

Chegou-se junto ao precipício

No outro lado, apenas mar.

Queria um novo início,

Queria também voar.

 

Pensou, e como pensou!

Sua idéia não mudou.

Seu corpo tocou o céu,

Seu corpo desceu ao mar.


Caroline Mendes


"La Memoire", por Réne Magritte.





Um comentário:

Jefferson Reis disse...

Uma paródia de Ismália!