quinta-feira, 19 de março de 2009

Sombra - Caroline Mendes.

Sombra

Ao cair da noite eu vejo
Lá fora sombras e sombras.
Às vezes me assombram,
Com tanto movimento.

Sombra que cria e recria

Formas doces ao vento,
Que passa em agonia
Em meio ao relento.



Caroline Mendes

------------------------------------------------

A dança das Sombras.


27 comentários:

Marton Olympio disse...

Sombras nos seguem, nos revelam, nos perseguem.
Sombras que são nosso lado negro.
E a silhueta que nos molda.


http://martonolympio.blogspot.com/2008/11/vida.html

Rodolfo disse...

Muito bom o vídeo!

Paulo Alonso disse...

adorei! adoro recursos visuais nas poesias!! me senti vendo realmente as sombras..

vamos ver se acompanhamos os blogs do outro!

abração

ੴ₮ℍαʆι₮α ωαʆʆ€ѕкαੴ disse...

linda...
a poesia...:p

Coyot disse...

A poetisa tem o tema e a ilustração

Márcio Vandré disse...

olha
parabéns pela poesia e pela escolha do video!
:D
caminha muito bem! :D

beijos!

Moça do Fio disse...

É bom ter sombras. Assim, nunca ficamos sozinhos.

Lindo poema.

Beijos.

Éter Na Mente disse...

Moça,

Estou encantado.

Adorei tudo em seu blog

Parabéns

Abraços fraternais

neriojunior disse...

Muito bom o texto, o vídeo e o blog!

Sucesso!

Groo disse...

Puxa, há quanto não via um vídeo realmente legal! Bacana mesmo! E claro, sincronizado com seu texto. Perfeito!

Parabéns! Muito feliz sua postagem!

Mafia171 disse...

otimo texto, parabens

Aspone disse...

Adoro esses textos curtinhos, mto tempo atrás qndo estava apaixonado eu escrevia textos assim tbm!!!


www.encantosemcontos.blogspot.com

Anjuh disse...

Um texto maravilhoso.........

Parabens!

Thaís A. disse...

A poesia é tão linda quanto o vídeo, muito boa :D

Alvinegro disse...

Muito boa poesia, o video também muito interessante.

Dá uma pasadinha no meu e fique por dentros das promoções.

http://aquigeral.blogspot.com/

Roberto Ney disse...

gostei do poema...
e quanto a discussão sobre a carne, recomendo vc assistir um documentario chamado terráquios e outro que é a carne é fraca. são muito bons e abordam essa temática de uma forma inteligente.
eu não sou vegetariano, mas depois que vi os documentários passei a consumir carne de forma consciente, com muitas ressalvas e em menor quantidade...
e pior que o consumo da carne é o mercado de peles, o abandono dos animais domésticos, etc...
enfim, parabéns por fazer desse blog um espaço diversificado e inteligente!
e fico feliz que tenha gostado do poema.
seja sempre bem vinda!
abraço

XuXu XuXu disse...

Ahh não!! postei um coment grande aqui.. só q não foi...
Nossa eu gostei muito do seu blog.. tem muitas críticas bem elaboradas. e poesias geniais

Yo Carmo disse...

Querida amiga avassaladora...
Caroline...
nem preciso dizer que adoramos suas letras..
Uma coisa:
não estamos conseguindo selecionar e copiar seu banner... colocamos apenas link...ok.

Sir Edison Gil disse...

O escrito é genial, é a tradução perfeita do vídeo. O vídeo? Eu confesso... Jamais imaginei que pudesse prender a minha atenção da maneira como prendeu. "Sir E. G. rende-se as sombras" podem publicar no jornal.

Parabéns Caroline. O seu trabalho é luminoso!

Pedro Amaral disse...

Muito bom o texto

http://theocho888.blogspot.com

mersonreis disse...

Simples, profundo e surpreendente. O poema, original, da poetisa Caroline e a divulgação desse fabuloso jogo de sombras. Agradeço demais você ter esse blog tão sensacional.


Baita bj!!!

josi Valentim disse...

Nossa Carol vc tradiziu legal a mensagem do vídeo! Parabens!
E mais uma vez... obrigada por sempre que possível, espiar lá no Pois é Guria!
Um big Beijão!

Millena Moderadora disse...

Parabéns pelo Blog.
Criativo e inteligente.
Se puder,visite o meu.
TE CUIDA!
BOM SABADO PRA TI!

JuANiTo disse...

Muito bom!

E olha.. "vai pela sombra..."
Abraço!

Rodrigo disse...

muito sombrio 'O_o

ahhh eu jah coloquei o teu banner no blog lah


valeu fuuii


http://srbolivar.blogspot.com/

PROTESTOS E disse...

(…)Quero voltar! Não sei por onde vim…Ah! Não ser mais que a sombra duma sombra
Por entre tanta sombra igual a mim!{Florbela Espanca}
No sentido literal sombras me assustam!

Gustavo Martinho disse...

muito lindo!
envolvente!!!
a musicalidade está muito boa!!!
mesmo!!
adorei