quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

A Rosa - C. Sednem

.
A Rosa
.
Ali, no meio do jardim
Uma rosa nasce formosa
No meio do mato e capim,
Muito bela e graciosa.
.
Comparada às outras flores,
Ela é sempre a mais bela.
Como se não sofresse dores
Em suas pétalas amarelas.
.
Pétalas de um amarelo duradouro,
Cor da luz e da vida.
É cor penetrante, esse louro,
Que as pétalas guardam, queridas
.
Pelas borboletas, que vem assistir
Esse espetáculo maravilhoso
E demoram para partir
Deste jardim, tão lustroso.
.
C. Sednem

.
Yellow Rose, por Michel Naples

6 comentários:

Martin disse...

OI, coloquei o seu blog também na lista dos links. Espero que aumente nossas visitas ainda + =D

sorte pra nós dois

Every Day disse...

demais teu blog, principalmente este post.
parabéns

thiagaun disse...

uia.. o sentimento eh o q a
=D

Pablo Basilio disse...

Oi Caroline, ao ler o seu blog, me sinto muito intelectual.RSRSR, SÓ um blog bom é capaz de fazer isso.
Por este motivo você é uma das pessoas que eu dei um selo.Passa lá no meu blog.

http://pablobasilio.blogspot.com

L. Kerr disse...

Que lindo !

Ótimo blog ! Vou frequentar seguido !

Parabens !

Kazuyaa disse...

Bela poesia, muito bom seu blog, dificilmente encontro algo desse genero na internet, com coisas interesantes, que acrescentam, ainda mas sobre literatura brasileira, a literatura brasileira é incrivel.

Meus parabens mesmo pelo blog e pelo seu aniversario sei que to atrazado uns dias, um grande abraço.