quarta-feira, 2 de setembro de 2009

A velhinha - Caroline Mendes

A velhinha

 

Para cima, para baixo,

A agulha vai levando

A linha, e transformando

Um novelo em toalha.

 

Enquanto isso, a velhinha

Lentamente faz

Seu trabalho, tão sem paz,

Chora e ri, suspira.

 

Está cansada da velhice

Já não tem mais forças

Tem saudades da meninice,

 

Não é mais uma moça!

Deixa a agulha cair,

E jaz ali, sem forças.


Caroline Mendes


Pintura de Van Gogh, 'An Old Woman from Arles', 1888




4 comentários:

layne disse...

simples, mas bonito. dei uma olhada nos outros, são todos muito bem feitos, parabéns. *-*

Keisy disse...

Ownnnn' *_* Adoreiii o poema! Lembrei da minha vó que faaz croche e trico' *_*

FabioZen disse...

Muito bonito,me lembrou uma música aqui do sul chamada "Veterano".Parabens!

mateus disse...

Muito bom,me faz lembra do meu avô, e também que iremos ficar velhos pensando que estavos com tudo na juventude e fizemos tão pouco.