terça-feira, 26 de maio de 2009

A menina e o menino - Caroline Mendes

A menina e o menino

Meu amado leitor,
Escute com atenção:
De amor é essa história
Conto sem embromação.
Uma menina e um menino
Se encontraram no caminho
Da vida, sem explicação

Eles se conheceram
E puderam se divertir
Começaram a se amar
E a tudo dividir
Estavam apaixonados
Os dois, muito amados,
Dia e noite a sorrir.

Um dia foram à praia;
O menino a levou pro mar
Lá se molharam e se abraçaram
E ficaram a aproveitar
O sincero e belo amor,
Cheio de calor...
Estavam eles a amar.

Outro dia eles foram
Num sítio em Rancho Queimado
Estava bastante frio
Mas ninguém ficou parado.
Passearam e conversaram,
Mas também se deitaram.
Assim, o frio era espantado.

Os dois sempre faziam
Por telefone, ligações.
Era sempre à noite quando
A saudade batia nos corações.
Falavam dos acontecimentos,
Da vida e dos sentimentos,
E de amor, declarações.

Mas então chegou o dia
Que aquilo tudo mudou
A triste e crua separação,
Enfim, ela chegou.
A menina chorou, viajou,
E dele se separou.
Tudo, então, se transformou.

Mas a história não terminou,
O amor era maior que os empecilhos
Os dois continuaram a se amar,
E sobre o futuro conversar
Cheios de esperança,
Eles tinham perseverança,
De que iriam, juntos, ficar.

Esse dia ainda não chegou,
Mas o amor é paciente,
E isso há de acontecer,
Pois o sentimento não mente
Eles vão juntos ficar
E uma vida compartilhar
Com esse amor ardente.

Caroline Mendes

11 comentários:

Willier N. disse...

Uau, Caroline! Mentira queé vc que escreve! uahuaha, muito bom! São todos muito bons! Parabéns pelo seu talento, já estou te seguindo. Aqui é o tipo de blog que eu aprecio! Fantástico.
E muito obrigado pelo comentário lá no Cereja & Capuccino.
Muito honrado.! Beijo.
-
http://cereja-capuccino.blogspot.com/

Ana ® disse...

Que lindo! Tomara que o amor que ela espera que viva seja o que ele sente também. Afinal, esse é o drama das separações... alguém deixar de amar!
^^

Pedro Amaral disse...

Belas palavras, parabéns

Visite-me se puder
http://theocho888.blogspot.com

Senhorita Altendorf disse...

Esse poema tem um ritmo rápido, percebeu?
As coisas rimam muito bem nele!
As ideias são muito bem expressas, dá pra saber tudo o que vc quiz passar.
Ah, o amor... tenho um poema do Ginsberg no meu blog chamado Canção... que fala sobre esse sentimento inegável.
Amar é estar conectado com o outro, abrir as portas pro mundo.
É tudo que a gente precisa.

Muito obrigado pela visita, sinta-se à vontade no meu humilde lar.

Beijos.

Leticia disse...

aii q liindo, ameei

beijoo

Visite: http://brise-coeur.blogspot.com/

Aleatóriamente colorido disse...

Que bonitinho, muito fofo!
Sorte pro casal e pra vc com seu blog!

http://aleatoriamentecolorido.blogspot.com

ivandro disse...

Fiz a leitura de seu poema e achei muito bonito e bem feito parabéns.

Dú Esperanco disse...

ora!
é uma enorme honra ainda ler palavras bem escritas como as suas!
ótimo poema, ritmado!
seria possível uma parceria entre os nossos blogs?
esperando ansiosamente, queria dicas, sugestoes pro meu blog, to só começando, e o canto do escritor é uma ótima referência...
parabéns!
espero resposta!
saudações e um beijo

mateus disse...

Qualquer tipo de separação é ruim:(

Willier N. disse...

Oii linda, atualizei lá o terceiro capítulo. Espero sua opinião, tá bem?
beijoo e bom fim de semana!

http://cereja-capuccino.blogspot.com/

Dú Esperanco disse...

tudo bem, vou colocar também!
depois confere lá...
saudações e um beijo