segunda-feira, 4 de maio de 2009

Flores de Setembro - Caroline Mendes

Flores de Setembro

As flores de setembro
Desabrocham num jardim

Enquanto eu relembro
Das tardes mornas, enfim!

Tardes que passávamos
Entre roseiras e nogueiras
Nós só conversávamos
Sobre bobeiras e asneiras!

E quando a noite surgia
Sobre o céu de veludo
Eu te dizia uma cantiga
E dormia no escuro!

Caroline Mendes

Pintura de Monet

11 comentários:

Maria Luísa disse...

q fofo deu ateh vontade de sair de casa e ir ouvir os pasaros canta e sentir o aroma das flores *-*

mateus disse...

Muito bonito.
Sempre completando as pinturas.

Atch. disse...

Adooro ler seus poemoas.. Obrigado pela parceria já há um bom tempo, pode contar comigo!
abraços

C. disse...

Lindo o poema e linda essa pintura de Monet!

www.conto-um-conto.blogspot.com

Dú Esperanco disse...

parabéns caroline, e obrigado por seguir o Perguntas...críticas, sugestões, sou todo ouvidos!
só as flores de setembro puderam trazer um charme e um perfume nostálgico a esse começo de maio frio...
parabéns mesmo
saudações

Chip disse...

massa

Rodrigo (Moderador) disse...

Lindoo poema..
vou ver sempre XD
visite o meu
http://i-aew.freetzi.com/

bjus

C. disse...

Oi... procura um post no meu blog chamado 'as horas', nele..indico o seu e outros blogs a um selo ;)

www.conto-um-conto.blogspot.com

André Mattos disse...

Bonito texto, assim como a pintura de Monet, que aliás eu adoro. Você se inspirou na pintura para escrever ou a procurou depois? Eles têm tudo a ver. quem dera se nossa Primavera fosse tão bela como a da França ou Holanda, por exemplo.
Vai nessa!

http://bemcontar.blogspot.com
Atualizado.

sofismo disse...

ótimo post, muito linda a poesia e a imagem não poderia ser melhor. Parabens
Sobrando um tempinho, visite meu blog

Nely Ladislau disse...

Linda imagem, belo poema, se completaram, sem dúvida...